Artigos

Conteúdo relevante de nossos especialistas para os nossos paciêntes.

Clínica Dr. Seiko Dicas, Especialidades

Lentes de Contato

A lente de contato é uma excelente escolha para corrigir a visão de quem tem ametropias (miopia, hipermetropia, astigmatismo ou presbiopia), porém seu uso deve seguir regras simples, para se obter boa visão e evitar complicações futuras. Vamos, hoje, falar de forma resumida sobre tipos de lentes de contato, seus benefícios, seus riscos, o teste de lente e os cuidados necessários para seu uso.

Tipos de Lentes de Contato

O material deve ser escolhido para satisfazer as necessidades do usuário. Atualmente, os tipos usados são:

  • Lentes de contato gelatinosas
  • Lentes de contato rígidas
  • Lentes de contato híbridas

Podendo, em alguns casos, serem utilizadas em conjunto (uma rígida sobre uma gelatinosa), técnica chamada “piggyback”.

Outra classificação das lentes é:

  • Esférica (hipermetropia ou miopia).
  • Tórica (astigmatismo).
  • Multifocal (presbiopia).

Benefícios das Lentes de Contato

Lentes de contato podem ser utilizadas para dar melhor qualidade de visão, para pacientes insatisfeitos com sua visão com óculos e isso ocorre em casos de irregularidade corneana, ceratocone ou altas ametropias (grau alto).

Outros benefícios das lentes de contato são:

  • a estética da lente, ideal para eventos onde o usuário não gostaria de utilizar óculos
  • a prática de esportes onde o óculos pode atrapalhar

Riscos das Lentes de Contato

Uso contínuo das lentes pode deixar os olhos intolerantes às mesmas, além de provocar aparecimento de neovasos superficiais, que deixam os olhos cronicamente vermelhos.

Se houver uso excessivo, ou mesmo incorreto (como nadar ou dormir de lentes), estaremos predispondo os olhos a terem úlceras ou infecções, com risco de cicatrizes com opacidade que irá atrapalhar a visão, em alguns casos de forma permanente.

O Teste de Lentes de Contato

Existem 3 fatores importantes que fazem com que o grau das lentes nem sempre seja o mesmo dos óculos, e que fazem o teste desafiador:

  • diferente do óculos, as lentes de contato estão encostadas no olho, o que altera toda dinâmica da superfície ocular e a forma com que a luz é focalizada no fundo do olho.
  • entre a lente e o olho sempre formará uma lente lacrimal, de modo a alterar o poder de refração do conjunto lente/lágrima/olho.
  • as lentes de contato podem girar e se deslocar quando empurradas pelas pálpebras no movimento de “piscar os olhos”, o que também altera o foco e a visão.

Tudo isso é importante para entender que, no teste de lente de contato, o grau pode sofrer variações, sendo elas gelatinosas ou rígidas, e isso faz com que não seja possível, em alguns casos, utilizar receitas de lente de contato.

Algumas lentes exigem que o usuário faça o teste com a lente no olho para sabermos qual grau ficará com melhor visão e qual curvatura terá melhor conforto. Em casos de astigmatismo, a qualidade da visão pode variar bastante e nem sempre será melhor ou igual aos óculos.

Para usuários com presbiopia (acima de 45 anos) podem ser testadas lentes multifocais, ou mesmo a técnica de monovisão, onde se busca a boa qualidade de visão para perto e para longe.

Duração das Lentes de Contato

A duração das lentes é muito variável, dependendo do material, propósito de uso e cuidados do usuário. Existem lentes com duração de 1 dia, 1 mês ou até 1 ano.

Cuidados necessários para seu uso

É sempre importante frisar que a lente de contato é muito segura, porém como impede a oxigenação natural da face anterior do olho, seu uso deve ser limitado.

O usuário deve ter um óculos para ser usado em casa, ou nos momentos que puder dar um “descanso” para o olho, desse modo diminuímos bastante os riscos de complicações provenientes do uso das lentes de contato.

Como vimos anteriormente as lentes de contato podem ter duração muito variável, de modo que a escolha das suas lentes dependerá muito da frequência com que precisa delas.

É interessante para uma pessoa que usa lentes com baixa frequência, por exemplo 1 vez por semana, utilizar lentes de duração de 1 dia, de modo que uma caixa de lentes terá uma duração satisfatória. Nesse caso, o usuário não precisará comprar líquidos próprios para limpeza e conservação e terá a segurança e conforto de sempre estar utilizando lentes novas.

Para os usuários de lente, que duram mais de 1 dia, será necessário uso de líquidos próprios para limpeza e conservação, sendo de grande importância o uso correto, já que esses líquidos possuem substância amebicida, que evita infecções de difícil tratamento e a limpeza da lente antes de colocar no olho ajuda a retirar as proteínas, que se depositam na lente, aumentando o conforto no seu uso.

Para Lembrar

  • utilize de forma correta e limitada, para evitar complicações.
  • refaça regularmente o teste com seu oftalmologista, para manter boa visão e conforto.
  • não durma de lente.
  • não nade de lentes, independente se for em piscinas, lagos ou no mar.
  • as possibilidades com lentes de contato são enormes, portanto, procure seu oftalmologista se sua visão não está satisfatória.

Por Vinícius L. Maeta
CRM-SC 23632