Artigos

Conteúdo relevante de nossos especialistas para os nossos paciêntes.

Clínica Dr. Seiko Doenças Oculares

Já ouviu falar em Ceratocone?

 

O Ceratocone é uma doença da córnea, camada fina e transparente, que recobre a frente do globo ocular. É uma patologia não inflamatória (não há olho vermelho), bilateral (acomete os dois olhos), assimétrica (atinge diferentemente cada olho), progressiva (evolui ao longo de meses e anos), levando às inúmeras alterações na superfície da córnea.

O aparecimento da doença, normalmente, é na adolescência e início da vida adulta, com evolução até os 30 ou 40 anos, estabilizando-se  nesta faixa etária.

A causa da doença ainda é desconhecida, mas sabe-se que há relação com o ato de esfregar ou coçar os olhos com frequência. Por isso, o risco de desenvolver Ceratocone é maior nos pacientes alérgicos, que sentem muita coceira nos olhos. O diagnóstico é feito através do relato dos pacientes, citando a perda progressiva da visão, que se torna borrada e distorcida (para longe e para perto) e também com exames complementares oftalmológicos, como a topografia de córnea, paquimetria e tomografia computadorizada de córnea.

O tratamento é variável e depende da fase da doença. Nos casos iniciais, deve-se fazer apenas o acompanhamento periódico do médico oftalmologista e a prescrição de óculos ou lentes de contato. Em casos que evoluem, outras formas de tratamento são realizadas, como o Crosslinking, que consiste num procedimento realizado em centro cirúrgico, sem a necessidade de internação hospitalar e com bons resultados na maioria dos casos..

Ainda não se conhecem maneiras de prevenir a doença, no entanto, o acompanhamento em consultas com médico oftalmologista periodicamente é fundamental para o diagnóstico precoce e controle da evolução da doença, preservando boa visão.

Por Kurt K. Weirich
CRM-SC 16749