Artigos

Conteúdo relevante de nossos especialistas para os nossos paciêntes.

Clínica Dr. Seiko Doenças Oculares, Especialidades

Diabetes e os Olhos

O Diabetes Mellitus (DM) é um grupo de doenças metabólicas, causada pelo aumento da taxa de açúcar no sangue (hiperglicemia) e associada a alterações, principalmente, dos vasos sanguíneos (vasculopatia) e nervos (neuropatia), afetando órgãos como olhos, rins, coração , pele e outros.

O acometimento dos olhos ocorre, essencialmente, por lesões no fundo do olho (retinopatia diabética), que é responsável pela visão. A retinopatia diabética está entre as principais causas de cegueira em pessoas com idade de 20 a 75 anos. Após 20 anos da doença, cerca de 90% dos diabéticos tipo 1 e 60% dos diabéticos tipo 2, apresentarão algum grau de retinopatia. Por esse motivo,  é extremamente necessário o controle com endocrinologista e oftalmologista.

Para avaliação do acometimento da retina pelo diabetes, o médico oftalmologista realiza o que chamamos Mapeamento de Retina. Tal acompanhamento deve ser feito, anualmente, em pacientes bem controlados ou com frequência maior se já houver acometimento.

Nos casos mais leves, é feito controle clínico em acompanhamento com o médico endocrinologista. Nos casos mais avançados, podemos indicar laser de retina, como uma forma de estabilizar e conter a progressão da doença no fundo do olho ou medicamentos injetáveis para melhorar a visão. Em alguns casos existe a indicação de cirurgia retiniana.

Os avanços observados, nas cirurgias oftalmológicas e modalidades de tratamento, permitiram melhores resultados visuais para pacientes com retinopatia diabética. Porém, para melhor resposta ao tratamento, devemos fazer o diagnóstico das alterações o quanto antes. Por isso, é fundamental que o paciente seja acompanhado por um médico oftalmologista, que examine o fundo de olho. O que antes era quase uma certeza de cegueira, hoje podemos retardar o avanço da doença ou até melhorar a visão do paciente.

Por Daniel Nunes Aguilar
CRM-SC 26355